29/03/2009

Informações sobre a M.V.Msc. Fabiana Quartiero

Olá! Meu nome é Fabiana Quartiero Pereira, sou Médica Veterinária, Mestre e Doutora em Ciências Veterinárias com ênfase em Oftalmologia Veterinária pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Sou mãe de cinco filhos, sendo quatro deles adotados e de 4 patas: Gringo (SRD), Albert (Poodle), Catarina (SRD) e Sofia (SRD).

Por que escolhi oftalmologia veterinária? Tudo começou ainda na faculdade, quando um professor falava sobre as especialidades dentro da clínica e cirurgia veterinária. Então resolvi começar a estudar oftalmologia e foi amor à primeira vista (literalmente!). A partir de então direcionei todos os meus estudos, cursos, palestras e estágios para esta área.

Prestei atendimento clínico e cirúrgico somente na área de Oftalmologia Veterinária no Hospital de Clínicas Veterinárias da UFRGS de 2007 a 2013. Atualmente, presto atendimento oftalmologico clínico e cirúrgico em Porto Alegre-RS.



    Fabiana Quartiero Pereira e Gringo



INFORMAÇÕES:

e-mail: fabianaquartiero@hotmail.com
Fone: (051) 3388-1001


Currículo Lattes

Tese de Mestrado

Publicação em revista internacional 

10 comentários:

BIA RODINI disse...

oi fabiana, sou veterinaria e atendi um caso de uma cachorrinha mestiça shihtzu com pequines, retirada da dona por maus tratos e chegou a clinica com um flap usando terceira palpebra para cobrir uma ulcera gigante, feita pelo vet da ong q recolheu e doou a cadela, mas estava com secreção purulenta. retirei o ponto e estava bem feio. gostaria de te enviar algumas fotos q tirei para uma opinião sobre o melhor tratamento deste olho. agradeço desde ja se vc puder retornar. Beatriz

Oftalmologia Animal disse...

Olá Beatriz,


Pode mandar sim. Me mande seu e-mail também ok?

Um abraço

Fabiana Quartiero

Anônimo disse...

Bom Dia Dra. Fabiana

Gostaria de saber em quais endereços vc atende em Porto Alegre? Tenho um vira lata de 15 anos que está com catarata aparentemente e ele coça os olhinhos como se quisesse tirar.

obrigada

Caroline

Oftalmologia Animal disse...

Boa tarde Caroline,

Aqui ao lado direito do blog há os endereços das principais clínicas onde atendo em Porto Alegre.

Aguardo o seu contato.

Um abraço,

Fabiana Quartiero

Gabriel Souza disse...

Ola Fabiana. Parabens pelo blog e pelo trabalho. Sou estudante de med veterinaria (9 semestre) e tenho uma bulldog que suspeito q esteja com ceratoconjuntivite seca por baixa producao de lagrima. Gostaria de fazer o diagnostico diferencial com o teste de schirmer, sabe onde posso comprar o material para o teste? Procurei na internet e nao achei... Obrigado.

Oftalmologia Animal disse...

Boa noite Gabriel,

Você encontra os Testes Lacrimais de Schirmer na Ophthalmos
www.ophthalmos.com.br

Um abraço e obrigada pela visita!

Fabiana Quartiero

Anônimo disse...

Gostaria de saber se existe algum tratamento ou procedimento para recuperar a visão de um cão qu teve cinomose?

Att
Fabiana Santos/Panambi RS

Oftalmologia Animal disse...

Boa noite Fabiana,

depende do tipo de sequela...se for uma cicatriz na córnea ou uma ceratite pigmentar devido ceratoconjuntivite seca há procedimentos cirúrgicos para reestabelecer a transparência da córnea. Mas se for uma sequela de coriorretinite por uma inflamação intraocular muito grave infelizmente não há tratamento.

Um abraço,

Fabiana Quartiero

Luana Caroline Barreto disse...

OLa Dr.Fabiana, gostaria de saber o seguinte meu caozinho da raça shihtzuh brigou com outro cao e acabou saindo oo olhinho dele pra fora, rapidamente levei ele ate um veterinario e foi feita uma sutura no olhinho dele. Depois de sete dias levei ele para retirar a sutura, e quando foi removida o olho dele nao voltou ao normal ficando torto, fiz o tratamento certinho e mesmo assim ele ficou assim, sera que o olhinho dele ainda volta ao normal? Nao queria que ele ficasse assim...

Oftalmologia Animal disse...

Luana,

Esse tipo de trauma é muito grave. Se o seu cão está enxergando ele tem muita sorte! A menor sequela é o estrabismo por ruptura de algum músculo. Se for leve acaba sendo apenas uma questão estética.

Um abraço,

Fabiana Quartiero